SAIBA TUDO SOBRE O BRANQUEAMENTO DENTÁRIO 

O branqueamento dentário é definido pela ISO (International Organization for Standardization) como sendo a "remoção de descolorações intrínsecas ou adquiridas em dentes naturais, através do uso de produtos químicos, por vezes em combinação com a aplicação de outros meios auxiliares" (ISO 28399, 2011)

Sabemos que a exigência estética e a beleza do sorriso, tem levado a um aumento da procura de branqueamentos dentários. Afinal quem não gosta de ter uns dentes mais brancos?! 

Assim através do branqueamento é possível remover não só as manchas superficiais adquiridas, mas também as intrínsecas, com alteração da coloração do dente. São vários os métodos descritos, cada um com o seu mecanismo de ação, indicações e contra indicações.  

O mais importante é perceber o motivo da descoloração dentária para que se possa estabelecer um plano de tratamento adequado.


TIPOS DE BRANQUEAMENTO DENTÁRIO 

BRANQUEAMENTO INTERNO

O branqueamento interno destina-se a dentes não vitais, que foram submetidos a tratamento endodôntico (desvitalização) e que, por várias causas sofreram descoloração.

TÉCNICA: colocação de agente branqueador no interior do dente em causa (realizado em consultóro), que deve ser renovado a cada 3-7 dias. Pode ser necessário mais do que uma sessão.

BRANQUEAMENTO EXTERNO EM CONSULTÓRIO - BRANQUEAMENTO A LASER

TÉCNICA: O médico dentista coloca um gel protector para cobrir e proteger a gengiva e de seguida é colocado o gel branqueador directamente sobre os dentes, durante um determinado período de tempo. A luz ultravioleta do laser permite acelerar o agente branqueador presente no gel. 

A quantidade de sessões necessárias varia de pessoa para pessoa.

BRANQUEAMENTO EXTERNO EM CASA - BRANQUEAMENTO COM MOLDEIRAS

A técnica de branqueamento externo destina-se a dentes vitais.

TÉCNICA: este branqueamento é realizado em casa através de uma moldeira/goteira confeccionada no consultório dentário à medida da sua boca. Esta serve para colocar o gel branqueador e depois colocar na boca. Vamos aconselhá-lo quanto à quantidade de tempo a utilizar por dia e à duração do tratamento.

Terá uma equipa sempre a acompanhar o processo e a monitorizar a sensibilidade dentária.

Consiga o sorriso que sempre desejou

CASOS CLÍNICOS